Espírito Santo, agora, fica à espera da segunda turma

A história que vamos contar neste texto teve início em 21 de maio de 2018. Naquela segunda-feira, no auditório do Hotel Bourbon, em Vitória, acontecia a aula inaugural da primeira turma capixaba do Curso de Especialização em Gestão de Negócios, a pós-graduação gratuita coordenada pelo ITL (Instituto de Transporte e Logística), promovida pelo Sest Senat e ministrada pela FDC (Fundação Dom Cabral). Quarenta e um alunos, todos profissionais de empresas associadas ao Sistema CNT (Confederação Nacional do Transporte), integravam a turma histórica. Um ano e três meses se passaram e os alunos, totalmente transformados – segundo eles próprios – se encontraram no mesmo local para celebrar o encerramento de uma trajetória. A solenidade de conclusão do curso foi realizada na manhã de quinta-feira, 22 de agosto, num encontro marcado por alegria, emoção e sensação de dever cumprido.

O evento de encerramento da turma capixaba – e 30ª turma do Curso de Especialização em Gestão de Negócios – reuniu o diretor doo ITL, João Victor Mendes, o diretor-adjunto do Sest Senat, Vinicius Ladeira, o presidente e o superintendente da Fetransportes, Jerson Picoli e Edinaldo Ferraz, o superintendente do Transcares, Mario Natali, que representava o presidente, Marcos Furtunato, o supervisor do Conselho Regional do Sest Senat-ES, Marco Rocha, o diretor da CNT André Zanin, o presidente da Fenamar (Federação Nacional das Agências de Navegação Marítima), Waldemar Rocha, e a diretora do Transcares e empresária do transporte de cargas Karla Diniz, que fez questão de estar ao lado das duas gestoras de sua empresa, a Top Trans, na cerimônia.

Quem também acompanhou tudo de perto foram o ator Tony Correia, que abriu o evento com a apresentação “Navegar é Preciso”, um olhar lúdico e poético sobre as mudanças que o mundo exige de quem está no mercado, e a gerente do curso e representante da FDC no Estado, Silene Magalhães.

Aluno da segunda turma do curso, realizada em Brasília, Vinícius Ladeira chamou a atenção para o grande objetivo da pós-graduação, que é mexer com o setor, com a forma como os profissionais do transporte olham para os problemas que os cercam. “Entre 2012 e 20013 lançamos um grande projeto que incentivava a mudança do olhar dos profissionais do setor, e essa mudança passa obrigatoriamente pela formação dos líderes”, ressaltou ele, que completou deixando um recado para os formandos.

“A responsabilidade de vocês não acaba aqui, é necessário disseminar o conhecimento, influenciar os colegas de trabalho, ter um olhar diferente para o setor onde atuamos”.

Segunda turma capixaba

A articulação para a realização da primeira turma capixaba do Curso de Especialização em Gestão de Negócios nasceu há alguns anos e foi muito defendida pelo então presidente do Transcares, Liemar Pretti, com total apoio da Fetransportes. Jerson Picoli  lembrou desse trabalho incansável do dirigente, hoje Diretor Operacional de Carga Fracionada do sindicato, e já deu a deixa para uma nova turma.

“Este foi um curso muito sonhado! E há tempos, nosso Estado merecia a oportunidade de receber esse curso diferenciado, que abre portas e novas perspectivas. Nosso setor é conservador, carece de inovação e transformação. A realização de um curso de pós-graduação absolutamente gratuito e customizado à nossa atividade é uma oportunidade para poucos. Oportunidade esta que nós do Espírito Santo tivemos a chance de abraçar, realizar e aproveitar! E esperamos que em 2020 possamos comemorar a abertura da segunda turma capixaba”.

Diretor do ITL, João Victor Mendes adiantou que vai “advogar pela causa” do Espírito Santo. Segundo ele, o pedido do presidente da Fetransportes vai entrar no plano de atividades do ITL, cujos executivos avaliam critérios técnicos e políticos antes de definir os estados que receberão as novas turmas.

“Atualmente, estamos indo para 44 turmas concluídas e 1.800 gestores especializados, de 700 empresas. E a meta é abrir mais 11 turmas em 2020, porém os cortes no Sistema S podem afetar nossos planos”, admitiu Mendes.

Presente e futuro

“O que vamos ser daqui a 10 anos?”. Profissional da Gerência de Recursos Humanos da Vix Logística, João Henrique Simões está com essa pergunta martelando em sua cabeça desde que o assunto veio à tona num módulo da pós-graduação. “Falamos muito de inovação, de compartilhamento de conhecimento e experiências. Saio desse curso totalmente transformado”, garante.

Outro que se diz outra pessoa pós- Curso de Especialização em Gestão de Negócios é Roberto Fabiani, da Fatran Transportes. Coordenador regional da Comissão de Jovens Empresários e Executivos do Transporte de Cargas e Logística (Comjovem), ele destacou que depois de mudar valores próprios, o aprendizado conquistado lhe ajudou a “investir” em sua empresa e colaboradores. “Estou começando a mudar os valores da minha empresa a partir da metodologia aplicada no curso”.

Na opinião de Aline Pinto e Carolina Ellir, da transportadora Top Trans, o curso proporcionou ao grupo tudo o que eles precisavam: aprendizado acadêmico, relacionamento e aplicabilidade dos conhecimentos. “Foi fantástico”, resumiu Aline.

E a coordenadora de Recursos Humanos da Viação Pretti, Eloá Rodrigues Laranja, encerrou a série de depoimentos também de maneira clara, direta, efetiva. “Estou renovada!”